TEXTO

“Surgirão muitos falsos profetas, que enganarão a
muitos; e, por causa do aumento do que é contra a lei,
o amor da maioria esfriará.”

Mateus 24:11, 12
Amauri Jr - dono e administrador do Blog

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Chernobyl, 25 anos terror e destruição (Imagens chocantes!)

Em 26 de abril de 1986, o reator número 4 da central nuclear de Chernobyl explodiu à 1h e 24 min da madrugada. Toneladas de poeira radioativa foram lançadas no ar e transportadas pelo vento, e contaminou o hemisfério do nosso planeta, precipitando-se onde choveu.

As emissões de radioatividade duraram 10 dias. Imaginem as conseQuencias no  Japão. O homem em direção ao seu próprio fim.

Caminho da radioatividade
■ Em 29 de Abril, níveis fatais de radioatividade foram registrados na Polônia, Áustria, Romênia, Finlândia e Suécia.

■ No dia seguinte, 30 de Abril, atingiu Suíça e Itália.

■ Em 2 de Maio, chegou na França, Bélgica, Holanda, Grã-Bretanha, e na Grécia.

■ No dia seguinte, Israel, Kuwait e Turquia foram contaminadas.

■ Então, ao longo dos próximos dias, as substâncias radioativas foram registradas no Japão (3 de Maio), China (4 de Maio), Índia (5 de Maio), e nos E.U.A e Canadá (6 de Maio).

A descarga radioativa desta explosão foi 200 vezes maior do que a bomba atômica em Hiroshima.

Nenhuma pessoa estava segura a partir desta catastrófica explosão nuclear, e 65 milhões de pessoas foram contaminadas e mais de 400.000 pessoas foram forçadas a evacuar em torno de Chernobyl, perdendo as suas casas, bens e empregos, bem como a sua situação econômica, social e laços familiares.

A longo prazo e os custos ocultos da contaminação radioativa que nunca foram devidamente registrados pela mídia.

Segundo os autores (incluindo o Dra. Rosalie Bertell) de um novo livro, “O Legado oculto de Chernobyl: levará milênios para recuperar a área que é tão grande como a Itália, para retornar em nível normal de radiação em cerca de 100.000 anos.

Já se passaram 25 anos desde esta catástrofe, por isso temos outros 99.977 anos para ir, até as coisas voltar novamente ao “normal”.

Com a radiação milhares de pessoas foram afetadas e, ficaram deformadas com graves mutações genéticas e Chernobyl até hoje é uma cidade fantasma, veja fotos abaixo de crianças com mutações por causa da radiação e a cidade como se encontra hoje:


Animais contaminados, mutação genética!

Chernobyl hoje, totalmente vazia, uma cidade fantasma!

Fonte de dados e imagens/Internet

11 comentários:

  1. Obrigada pelas informações, realmente as imagens são de forte impacto!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelas informações, realmente as imagens são de forte impacto!

    ResponderExcluir
  3. que coisa horrível fazemos com o planeta em que vivemos, não nos respeitamos mutuamente, como vamos respeitar oque nos cerca???????

    ResponderExcluir
  4. Mt triste tudo isso ter acntecido,o mais triste ainda é as seqúelas q ficaram na vida das pessoas q moravam lá,das q morreram,dos animais..

    ResponderExcluir
  5. É muito triste saber que tudo isso foi causado pelo homem. A destruição de inúmeras famílias e e florestas e animais contaminando todo meio ambiente em si. Muito obrigado pelas informações realmente está de parabéns por agrupar informações importantíssimas sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  6. É muito triste saber que tudo isso foi causado pelo homem. A destruição de inúmeras famílias e e florestas e animais contaminando todo meio ambiente em si. Muito obrigado pelas informações realmente está de parabéns por agrupar informações importantíssimas sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Nossa meu Deus,e triste saber q o homem fez isso e ainda continua fazendo isso,destruindo as famílias, animais e a natureza sera q vai ser preciso mais pessoas morrerem de formas tao terríveis como essa para os seres humanos mudarem?

    ResponderExcluir
  10. E no Brasil está sendo construída a terceira usina nuclear em Angra dos Reis...

    ResponderExcluir